domingo, 26 de abril de 2009

--


E a maior descoberta do homem não foi o fogo
E nem a Lua
E nem a roda
E nem essa sua artéria chamada Aorta
Mas a verdade cantada pelo poeta
O que há séculos procuramos sem cessar
para nos completar
Não está pelo ar
Nem no fundo do mar
Nem ao alcance de um satélite estrelar
Está aqui dentro do peito
E se traduz no verbo Amar





--

Nenhum comentário: