quinta-feira, 26 de novembro de 2009

--

"O antigo relógio preso a parede da cozinha marcava exatamente 8:20 quando ouvi a campainha tocar. Pousei a xícara sobre a mesa, peguei as chaves e desliguei a TV que já berrava as rotineiras e nada empolgantes notícias matinais. Caminhei até a porta amaldiçoando a previsão do tempo dada no telejornal minutos atrás, enquanto a campainha soou impaciente mais algumas vezes. "A essa hora, o que poderá ser ? Talvez o porteiro com a correspondência." - Pensei. Subi nas pontas dos pés, já que as pantufas não me ajudavam a alcançar o olho mágico. Me deparei com aquelas madeixas oxigenadas, inconfundíveis em sua perfeição. Desci dos pés lentamente, atônita. As chaves fizeram barulho ao tocarem o chão. Black out. Minha mente, meu mundo girou. Ela parecia tão agitada e apreensiva. Eu estava tão surpresa e atordoada. She's back. Again."




Esse é o apêndice do livro que estou escrevendo.

--

domingo, 15 de novembro de 2009

--


Epifania



Se você nunca teve medo, você não é forte. Forte ou fraco define-se caso você aceite ou não os limites que seu medo te impõe. Afirmar não conhecer o medo é sinal de pura covardia. Covardia de admitir que se tem fraquezas, covardia de não arriscar, duvidar e superar, fazer escolhas.

A inércia te leva a apenas existir, a se deixar levar pelos ventos. Vive aquele que se questiona todo dia sobre aonde está e para onde está caminhando.

Amanhã certamente será tarde. Prudência e audácia são grandes virtudes. Maior que elas e mais rara de se ter é o dissernimento para escolher qual das duas usar em cada situação.

Se tens dúvidas, adiar só vai tornar mais difícil enxergar a melhor opção. Se tens certeza, faça tudo o que puder. Feito, sente-se e espere, com paciência, fé e confiança. Quem espera, alcança.

As oportunidades passam num estalar de dedos, basta um segundo para decidir desistir ou persistir, sem olhar mais para trás.

O que mais longe estamos indo procurar, ao nosso lado sempre esteve.

Não importa, o tempo simplesmente não vai voltar. Por isso, abra os olhos enquanto ainda há o que se fazer, pois nem o arrependimento, nem a dor, nem a saudade ou o mais forte dos sentimentos - o amor - poderá recuperar o que se permitiu partir.

A diferença entre ser importante e ser insubstituível se faz em pequeninos momentos. A diferença entre ser algo ou ser indiferente para alguém se faz em uma palavra, ou em uma atitude.

Cada um carrega pedaços próprios de lembranças. Você poderá dar um valor inestimável a coisas que ninguém mais no mundo dará a mínima.

Sua essência é o que te distingue. Mudar é natural, mudar por alguém é atentar contra si mesmo. Perder sua originalidade é perder a todos que te amam pelo que você é.

O Sol vem para todos, assim como as tempestades. Seus problemas não são maiores dos que os de qualquer outro e ninguém é tão feliz quanto aparenta.

Todos os travesseiros se enchem de lágrimas e fantasmas no escuro. As pessoas mais bonitas podem esconder marcas por baixo da pele. As que parecem ter tudo, as vezes são as mais vazias. Quem se vangloria demais, no fundo teme que descubram que é só mais um cheio de defeitos.

A solidão de estar num lugar cheio, na ausência apenas da exata pessoa com quem se queria estar é tão ou mais pertubadora do que estar trancafiado num quarto totalmente vazio.

Cabe a você - e somente a você - decidir pelo que vale a pena lutar e lutar até o fim. Quem valoriza alguém que não lhe dá valor, não terá valor para alguém que valoriza. Quem se anula, se humilha, implora por amor por um momento, o faz na esperança de viver milhares mais de momentos de felicidade ao lado de quem ama.

Na prática, o amor só importa pra quem o sente. Não interessa se você pensa 30 horas por dia nele, se seu coração dá um pulo cada vez que o telefone toca: se ele for correspondido, as pessoas te invejarão; se não for, sentirão apenas pena de você.

A vida é o nome dado a um conjunto de muitos dias, muitas horas, muitos minutos. Sendo assim, exalte sempre seus bons momentos, deixe os tristes de lado. Dessa maneira, quando parar para fazer um balanço geral, sentirá que tem uma vida feliz.

Você é o que pensa, o que sente, o que diz e o que faz. Um silêncio ou um grito marcarão você, há alguém a cada momento nos espiando e analisando. Impressões erradas não existem. Quem conclue algo sobre você, conclue em cima de algum gesto. Se concluem algo que não é verdadeiro, certamente você disse ou fez algo influenciado pelo meio externo, que não veio de dentro. Por isso, absorva o menos possivel do mundano, escute ao máximo seu coração.

Trace objetivos, permita a sua mente viajar por todos os seus sonhos, por todos os projetos que te fariam se sentir completo ao se realizarem durante sua vida. Entretanto, jamais se cobre alcançar a todas as metas. No caminho, ao priorizar algumas, estas tornarão inviáveis que as outras se cumpram.

Quanto mais se espera, mais se decepciona. Não se apegue a nada. Pessoas, situações e coisas facilmente se desapegarão de você. Esvazie sua mente, relaxe. Apenas sinta a vibração.

Felicidade, paz, plenitude: muitos querem, poucos sábios sabem realmente o que é e aonde procurar. Nas minúcias de um abraço, das pálpebras se fechando lentamente, de uma página de diário arrancada, de um fim de tarde esquecido, de um dia de chuva, de uma borboleta pousando em sua janela, estão todo o significado do Universo.

--