quinta-feira, 26 de novembro de 2009

--

"O antigo relógio preso a parede da cozinha marcava exatamente 8:20 quando ouvi a campainha tocar. Pousei a xícara sobre a mesa, peguei as chaves e desliguei a TV que já berrava as rotineiras e nada empolgantes notícias matinais. Caminhei até a porta amaldiçoando a previsão do tempo dada no telejornal minutos atrás, enquanto a campainha soou impaciente mais algumas vezes. "A essa hora, o que poderá ser ? Talvez o porteiro com a correspondência." - Pensei. Subi nas pontas dos pés, já que as pantufas não me ajudavam a alcançar o olho mágico. Me deparei com aquelas madeixas oxigenadas, inconfundíveis em sua perfeição. Desci dos pés lentamente, atônita. As chaves fizeram barulho ao tocarem o chão. Black out. Minha mente, meu mundo girou. Ela parecia tão agitada e apreensiva. Eu estava tão surpresa e atordoada. She's back. Again."




Esse é o apêndice do livro que estou escrevendo.

--

Um comentário:

2 Brothers News! disse...

REALMENTE preciso dizer! Inveja! Meu sonho é escrever um livro, tenho tantas histórias em minha cabeça! Poderiamos, e adoraria manter contato que compartilha o mesmo sonho que eu, para trocarmos idéias, adoraria! Realmente.
E adorei o início e seus textos! Intrigantes, inteligêntes! Parabéns!